DNOCS assina convênio para apoio a projeto de irrigação

Publicado: Sexta, 19 de Agosto de 2005, 07h16 | Modificado por: | Última atualização em Sexta, 19 de Agosto de 2005, 07h16 | Acessos: 1029
O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas, DNOCS, firmou, neste último
dia 14, três convênios que garantiram mais de sete milhões e meio de Reais
para serem investidos nos projetos de desenvolvimento agrícola da cidade de
Parnaíba, Piauí. A solenidade, que foi realizada em comemoração ao aniversário
da cidade, contou com a presença de vários representantes do DNOCS, do Governo
do Estado e dos Conveniados.

O primeiro convênio, firmado entre o DNOCS e o Distrito de Irrigação do
Tabuleiro Litorâneo que beneficiará a manutenção, a operação e o gerenciamento
do Perímetro Irrigado de Tabuleiros Litorâneos, destina o valor de um milhão,
setecentos e trinta mil Reais. O Convênio entre o DNOCS e a EMBRAPA, garantiu
o valor de um milhão, seiscentos e vinte e dois mil e duzentos e trinta e dois
Reais para a instalação de unidades demonstrativas de fruticultura irrigada
nos perímetros irrigados do Nordeste e implantação de unidade de processamento
de frutas no Perímetro Irrigado. O convênio realizado entre o DNOCS e o CETRED
destinou para assistência técnica dos perímetros Irrigados no Piauí, Maranhão,
Pernambuco e Bahia o valor de quatro milhões, duzentos e quarenta dois mil,
duzentos e quarenta Reais.

Participaram da solenidade o Produtor de Técnica e Produção do DNOCS, Dr. Leão
Humberto Montezuma (representando o Diretor Geral do DNOCS, Eudoro Santana), o
Coordenador Estadual do DNOCS no Piauí, José Carvalho Rufino, O Governador do
Estado, Wellington Dias, o Prefeito de Parnaíba, José Amilton, representantes
da EMBRAPA, do CETREP, parlamentares federais e irrigantes do Perímetro
Irrigado Platôs de Guadalupe, Tabuleiros Litorâneos, São Bernardo, Caldeirão e
Lagoas.

Com estes convênios, o DNOCS cria as condições necessárias para colocar em
operação novas áreas irrigadas nos perímetros do DNOCS. O objetivo do
Ministério de Integração Nacional é incorporar 65 mil hectares irrigados em
todo o NE, destes, 35 mil são responsabilidades do DNOCS.

O coordenador estadual do DNOCS, José Carvalho Rufino, ressalta a importância
destes convênios como importante fonte de geração de emprego e desenvolvimento
regional: "Com estes convênios e os valores destinados a estes perímetros,
vamos ampliar as áreas irrigadas, melhorar a produtividade e profissionalizar
a gestão destes projetos. Aumentando a produtividade, aumentaremos a geração
de emprego, assim, conseguiremos transformar os projetos do DNOCS em pólo de
desenvolvimento Regional, um compromisso do Governo do Presidente Lula".