Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial -> Serviço de Comunicação Social -> Notícias -> Obras Hídricas não serão paralisadas
Início do conteúdo da página

Obras Hídricas não serão paralisadas

Publicado por: Simone Nunes Cavalcante | Publicado: Sexta, 26 de Junho de 2020, 15h01 | Modificado por: Simone Nunes Cavalcante | Última atualização em Sexta, 03 de Julho de 2020, 07h50 | Acessos: 363

.fotocapa2 copy

“A carteira de obras do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS é muito grande. Por isso temos que definir aonde podemos alocar recursos de tal forma que tenhamos um retorno mais eficaz. Fomos orientados pelo Presidente Jair Bolsonaro que as obras hídricas iniciadas não sejam paralisadas. O cronograma será cumprido”. A garantia é do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, durante reunião com a cúpula do DNOCS e vários deputados.

O encontro aconteceu, no final da tarde desta quinta-feira ,25, na sede administrativa do DNOCS, em Fortaleza-CE. Durante a reunião, o diretor substituto da diretoria de Infraestrutura Hídrica, Roberto Sérgio Limeira, fez uma apresentação aos presentes sobre as recuperações e modernizações das barragens que integram ao Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional – PISF. Em fase de licitação encontram-se as bacias de Banabuiú e Engenheiro Ávidos.

Também estão sendo executadas as recuperações de barragens do Programa de Segurança de Barragem – PROSB, divididos nos lotes 1,2,3 e 4 totalizando 191 barragens na área de atuação de Departamento.

Roberto Sérgio também mostrou os projetos de irrigação que encontram-se paralisados, aguardando recursos do MDR, tais como Araras Norte, Baixo Aracaú, Santa Cruz do Apodi e Platôs de Guadalupe.

O projeto de irrigação Tabuleiros Litorâneos de Parnaíba encontra-se em execução e uma área de 1.800 hectares deverá ser entregue até dezembro.

O palestrante finalizou dizendo que o DNOCS já conta com obras concluídas e podem ser inauguradas como a recuperação e modernização da barragem Lima Campos, em Icó, no estado do Ceará; a barragem de Ingazeira, em Pernambuco, a Adutora de Pereiro, no Ceará e Adutora do Pajeu-ramal de Sertania em Pernambuco.

O diretor-Geral do DNOCS, Fernando Leão, ficou entusiasmado com a visita de Rogério Marinho. “O Ministro veio ver de perto nossas reivindicações e as pendências que temos .A partir de agora as coisas vão ser muito boas”, concluiu ele.

Estiveram presentes os deputados federais, Domingos Neto e Roberto Pessoa, o deputado estadual Carlos Felipe, e o ex-deputado federal Raimundo Gomes de Matos.

Também participaram da reunião o secretário Nacional de Segurança Hídrica, Marcelo Borges, o assessor especial do Ministro, Marcelo Borges Soares Júnior.

Ainda estiveram na reunião o diretor Administrativo, Joaquim Izídio Neto, o diretor de Desenvolvimento Tecnológico e Produção, Felipe Belchior, o procurador Francisco Arlem de Queiroz, a chefe de Auditoria Interna, Luana Cavalcante de Souza, a chefe de Gabinete, Carolina Brito Xavier de Luna, o coordenador Estadual no Ceará, Antônio José Mota e as assessoras técnicas da Direção Geral, Nádia Farias de Holanda e Robeísia Miranda de Holanda.

foto2 copy copy copy

 

Fim do conteúdo da página