Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial -> Serviço de Comunicação Social -> Notícias -> 110 anos do DNOCS: Órgão de luta e História
Início do conteúdo da página

110 anos do DNOCS: Órgão de luta e História

Publicado por: Simone Nunes Cavalcante | Publicado: Quarta, 09 de Outubro de 2019, 15h41 | Modificado por: Simone Nunes Cavalcante | Última atualização em Quinta, 10 de Outubro de 2019, 14h53 | Acessos: 398

110anos

Vida adulta. Marca sentimentos de estabilidade, responsabilidade e compromisso. Mas o que falar dos 110 anos do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS? Para muitos é sinônimo de descanso, quando se colhem os louros de uma vida inteira de trabalho. Com relação ao aniversariante , o trabalho não pode e nem vai parar.

Vamos mostrar quanto o DNOCS cresceu , desenvolvendo com ele talentos e pesquisas em todos os estados do Nordeste e Norte de Minas Gerais. A partir desta quarta-feira (09) e durante todo o mês de outubro, vamos comemorar os 110 anos de uma Instituição que só cresce. Todos os dias você vai conhecer um pouco mais dessa história. Vamos começar pela reconversão de sistemas de irrigação.

A ocorrência de escassez hídrica e a perda da eficiência na condução e aplicação da água na agricultura, motivado pela manutenção de sistemas e métodos de irrigação obsoletos e impraticáveis, dentro de uma visão moderna, em se tratando de Projetos do Cenário Social (antigos), vem de exigir do poder público, como imperativo, a implantação de novos modelos que minimizem o uso da água e maximizem o seu efeito em nível de produção e produtividade das lavouras no campo.

Acresça-se ao processo, a busca da melhoria dos coeficientes de desempenho, onde, a água desponta como item fundamental da função produção e, a sua produtividade, exibe o grau de otimização desse recurso em cada perímetro irrigado estudado. Isto posto, refletindo, positivamente, no valor bruto da produção aferido, melhorando o bem-estar das comunidades rurais assistidas e, indiretamente, no próprio IDH municipal.

Em se tratando de perímetros modernos é de se exemplificar a reconversão do sistema de irrigação do projeto Jaguaribe-Apodi, mudando, da aspersão convencional para microaspersão e gotejamento, conferindo uma eficiência de aplicação de água em torno de 90%.

dnocs 1 copymão copy copy

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fim do conteúdo da página