Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial -> Serviço de Comunicação Social -> Notícias -> A Diretoria do DNOCS acompanhou a visita do Presidente da República e sua comitiva ao Perímetro Irrigado Tabuleiros Litorâneos do Piauí
Início do conteúdo da página

A Diretoria do DNOCS acompanhou a visita do Presidente da República e sua comitiva ao Perímetro Irrigado Tabuleiros Litorâneos do Piauí

Publicado por: Flaviana Silva Oliveira | Publicado: Sexta, 16 de Agosto de 2019, 11h23 | Modificado por: Ubirajara Leal Pinto Bandeira Júnior | Última atualização em Terça, 20 de Agosto de 2019, 16h40 | Acessos: 638

img 20190814 wa0026.

A Diretoria do DNOCS, o Diretor Geral, Angelo Guerra, o diretor de Infraestrutura Hídrica, Roberto Otto Massler, o diretor de Desenvolvimento Tecnológico e Produção, Felipe Belchior, o diretor de Administração, Gustavo de Medeiros Paiva e o coordenador Estadual do Piauí, Djalma Policarpo acompanharam a visita do Presidente da República, Jair Bolsonaro, e sua comitiva ao Perímetro Irrigado Tabuleiros Litorâneos do Piauí. Com eles estavam também o general Augusto Heleno Ribeiro Pereira, Ministro do Gabinete de Segurança Institucional, a Ministra da Agricultura, Teresa Cristina e o Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

O Perímetro Irrigado, em atividade, sob responsabilidade do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS, a primeira etapa do perímetro capta água no Rio Parnaíba por meio de um canal com 1,3 mil metros. Em cerca de 1,4 mil hectares já irrigados são produzidos acerola, abacaxi, banana, manga, goiaba e outras frutas, usados para fabricação de polpas, exportadas para países como Estados Unidos e Alemanha e vendidas no mercado interno para os estados de Pernambuco, Maranhão e Ceará. Já a segunda etapa do empreendimento ainda está em implantação.

O carro-chefe é a acerola orgânica, que é certificada e vendida no exterior por uma multinacional. Além da acerola, o projeto se destaca na produção de melancia, caju, melão, mamão e outros alimentos. O Tabuleiros Litorâneos está iniciando também a implantação da pecuária de corte.

 

img 20190814 wa0048

img 20190816 wa0006

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fim do conteúdo da página