Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial -> Serviço de Comunicação Social -> Notícias -> Mais Seis Comissões Gestoras
Início do conteúdo da página

Mais Seis Comissões Gestoras

Publicado: Sexta, 11 de Fevereiro de 2005, 13h00 | Modificado por: | Última atualização em Sexta, 11 de Fevereiro de 2005, 13h00 | Acessos: 1281
O Dnocs através do Programa de Gestão Participativa dos
Reservatórios deve implantar nos meses de fevereiro e março do
corrente ano, mais seis comissões gestoras em açudes públicos
administrados pelo Órgão no Semi-Árido nordestino. São três na Bahia
( açudes Cocorobó, Luis Vieira e Riacho do Paulo), uma no Piauí (
açude Petrônio Portela ) e duas na Paraíba (açudes São Gonçalo e
Engenheiro Avido).
Para a formação dessas comissões, o primeiro passo é a organização
do açude. Para isso é aplicado um diagnóstico institucional e
organizacional. Esse diagnóstico tem por objetivo mapear as
instituições e organizações que atuam a montante e a jusante dos
açudes. Esse dispositivo também identifica todos os problemas
hídricos e ambientais existentes, como os conflitos atuais e futuros na
área de influência do açude.
Já a escolha de cada comissão gestora é feita mediante a realização
de um seminário na sede do município, onde está localizado o açude,
com a participação de instituições representativas dos usuários do
reservatório, da sociedade civil e do poder público municipal, estadual e
federal.
Segundo o coordenador do programa, João Lúcio Farias de Oliveira, as
ações iniciadas em 2004 devem ser intensificadas este ano, com vistas
a um aproveitamento mais racional desses açudes. Explica que no
momento, quatro comissões gestoras estão implantadas, sendo três
no Ceará (açudes Trici e Favelas (Tauá) e Farias de Sousa ( Russas)
e uma no Piauí (açude Bocaina (Bocaina). "Com essa medida, o Dnocs
está garantindo um melhor controle social de seus reservatórios e
outros sistemas hídricos, ao mesmo tempo, promovendo a
preservação do meio ambiente", destaca João Lúcio.
Fim do conteúdo da página